sexta-feira, 31 de março de 2017

SEGURANÇA ESCOLAR


ADOLESCENTE MORRE BALEADA EM ESCOLA DO RIO DE JANEIRO

Uma adolescente de 13 anos morreu na tarde desta quinta-feira (30), dentro da Escola Municipal Jornalista Daniel Piza, em Fazenda Botafogo, Zona Norte do Rio. De acordo com o Corpo de Bombeiros, quando a ambulância chegou ao local a menina já estava morta. Depois a morte da menina, houve um protesto na Avenida Brasil. A via chegou a ser fechada e criminosos aproveitaram para abordar motoristas.
A PM informou que a adolescente foi atingida por disparo de arma de fogo no fim de tarde e não resistiu, após confronto entre bandidos e a PM na Fazenda Botafogo, perto do Rio Acari. Dois homens, que segundo a PM seriam suspeitos de serem traficantes, também morreram. Agentes do 41º e do 9º BPM permaneceram no local juntamente com blindado do 41º BPM.

sexta-feira, 17 de março de 2017

GEDUC 15 ANOS


GEduc completa 15 anos de trajetória

Edição comemorativa do principal encontro de executivos educacionais do Brasil contará com palestras de Leandro Karnal, José Ernesto Bologna, Joel de Souza Dutra, entre outros grandes nomes.


A 15ª edição do GEduc – Congresso Brasileiro de Gestão Educacional – acontecerá nos dias 29 a 31 de março de 2017, no hotel Maksoud Plaza, em São Paulo/SP. Com o mote “Transformando a gestão – Inspiração para mudanças, Insights para soluções”, o evento promete surpreender ao proporcionar aos participantes embasamento para análise da situação atual de suas instituições de ensino, refletindo sobre novas abordagens para os desafios contemporâneos da educação. Os congressistas também terão a oportunidade de expandir sua rede de contatos e criar conexões com outros gestores, aperfeiçoando, assim, seus conhecimentos e ampliando seus horizontes.

O evento já começará com grandes destaques, trazendo na atividade do primeiro dia, XV Congresso Brasileiro de Gestão Educacional, o historiador brasileiro e renomado conferencista, Prof. Dr. Leandro Karnal, que ministrará a palestra magna com o tema “Transformando a gestão: estratégias para um novo tempo”. Na programação do dia 29 é possível enfatizar também a presença da Profª. Dra. Claudia Costin, da Faculdade de Educação de Harvard e FGV-RJ, e outros representantes de importantes instituições de ensino de todo o Brasil.

Os demais dias também contarão com participações e temas muito especiais: no dia 30, a palestra do keynote speaker José Ernesto Bologna, destacado consultor em desenvolvimento humano, com o assunto “Desafios dos líderes educacionais na sociedade contemporânea”, durante o II Fórum de Líderes Educacionais. No tradicional Fórum de Gestão de Pessoas será realizado um painel sobre “Gestão de pessoas por competências – agregando valor aos resultados organizacionais”, com a participação do Prof. Dr. Joel de Souza Dutra, grande especialista em gestão de pessoas.

               No dia 31, acontecerá o VI Fórum de Inovação Acadêmica, com o painel de destaqueEducação transformadora - desenhando um novo fazer pedagógico - Educação Maker e Metodologias Ativas” e também será realizada a famosa Jornada de Marketing Educacional, que contará com o painel: Captação e fidelização de alunos em tempos desafiadores, entre outros assuntos de grande importância.

As novidades da edição serão as atividades Fórum de Governança Corporativa e Fórum de Cyber Security, que valem a pena serem conhecidas!

Os participantes terão também a oportunidade de visitar a XV Exposição de Produtos e Serviços Educacionais do GEduc e conhecer diversas empresas especializadas em oferecer as melhores soluções para escolas e faculdades.

Estamos extremamente orgulhosos de toda esta jornada e queremos lhe convidar para fazer parte desta edição comemorativa, que será especial. Convide os demais gestores de sua instituição de ensino e faça, você também, parte desta transformação! Acesse o site www.geduc15anos.com.br e realize a sua inscrição o quanto antes, garantido assim os melhores valores.


GEduc - Congresso Brasileiro de Gestão Educacional

Data: 29, 30 e 31 de março de 2017

Local: Hotel Maksoud Plaza - Alameda Campinas, 150 - Bela Vista, São Paulo – SP

Organização: HUMUS

quinta-feira, 16 de março de 2017

GESTÃO DE RISCOS EM ESCOLAS E UNIVERSIDADES


CONFIANÇA


PAZ NO AMBIENTE ESCOLAR


ÉTICA


AGENDA ABSEG 2017


GESTÃO DE RISCOS EM ESCOLAS


ESCOLAR 2017


TRANSFORMANDO A GESTÃO


HUMUS GEDUC 2017


GEDUC 15 ANOS


GEDUC 15 ANOS


GEDUC 15 ANOS


GEDUC 15 ANOS


GEDUC 15 ANOS


PAZ NAS ESCOLAS


PAZ NAS ESCOLAS


PAZ NAS ESCOLAS


PAZ NAS ESCOLAS


NÃO PERCA TEMPO ! USE O FGTS .


PEDAGOGIA


CAMPANHA


PORTUGAL


O EXEMPLO DE PORTUGAL


UNESCO BRASIL


MERENDA ESCOLAR


EVENTO


SEBRAE


sábado, 11 de março de 2017

MORTE NA SALA DE AULA

 

Morte de menina de 14 anos durante briga em sala de aula ainda é um mistério. Laudo médico sugere que escola, professores e outras alunas tentaram abafar verdadeiras causas da morte. Informações intrigam delegado. Família está inconformada e pede Justiça.

 

 

MAIS UMA FATALIDADE ?

A polícia investiga a morte de uma adolescente de 14 anos dentro de uma sala de aula em Cachoeirinha, na Região Metropolitana de Porto Alegre. O crime ocorreu na tarde de quarta-feira (8). Conforme o delegado Leonel Baldasso, responsável pelo caso, a vítima teria se envolvido em uma briga com outras três adolescentes, duas de 12 anos e uma de 13 anos.

"Informações preliminares apontam que a vítima foi empurrada e bateu cabeça na mesa", observa o delegado. A polícia ainda desconhece as causas da briga. "Vamos aprofundar as investigações e saber qual a motivação da briga. Ver se houve intenção de matar e, havendo intenção, as adolescentes vão ser enquadradas por homicídio", completo.

Após o caso, as três adolescentes foram levadas para a Delegacia de Pronto Atendimento (DPPA). Em seguida, foram liberadas. A polícia também vai apurar a conduta dos funcionários da escola.
'Não tinha lesão', diz coordenadora de posto
A coordenadora do posto de saúde onde a adolescente foi atendida, Gelci Machado Rodrigues, disse à rádio Gaúcha que a menina não apresentava marcas de agressão. “Não tinha lesão alguma, estava no chão, ela espumou um pouco pela boca, acredito que na hora do óbito”, relatou. Devido aos sintomas, a servidora acredita que ela tenha sofrido uma convulsão.

Gelci conta que foi chamada por uma professora que chegou à unidade de saúde pedindo ajuda, relatando que uma "menina tinha passado mal e desmaiado".  "Quando chegamos, ela estava sendo reanimada por um professor, com massagem cardíaca, enquanto uma professora fazia respiração boca a boca, e outra passava álcool nas extremidades", lembra.

Pouco tempo depois, uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou ao local. "Quando o Samu chegou, se tentou por várias vezes fazer a massagem, deram choque, sem resultado algum”, diz a coordenadora, acrescentando que a jovem foi levada para o Hospital Padre Jeremias, aparentemente já sem vida.

A coordenadora do posto observa que na escola ninguém relatou briga entre adolescentes. "Em momento algum se falou em briga. Perguntei o que tinha acontecido, e um professor me disse que ela caiu da cadeira, em momento algum foi falado em briga. Fiquei sabendo da briga, depois, pelas redes sociais", afirma.

Aulas foram suspensas nesta quinta-feira
Devido à morte da adolescente, as aulas foram suspensas nesta quinta-feira (9). A diretora da escola, Fani Drehmer de Oliveira, observou em entrevista à rádio Gaúcha que a situação ocorreu na troca de turno de aulas.

"O professor estava se dirigindo para a sala de aula e, nesse meio tempo, os alunos me ressaltaram que tinha uma aluna passando mal. Quando chegamos, ela estava deitada no chão da sala, desacordada, convulsionando", relata.

Fani soube que teria ocorrido a briga já no hospital. "Estava no hospital com a mãe e um professor me relatou da briga, mas não sei bem dizer se o óbito foi em consequência disso, é algo que está sendo investigado", diz.

A diretora reforçou que a menina não apresentava marcas de agressão, e observou que questionou a mãe da adolescente sobre problemas de saúde da filha. "Disse que não, que a menina tinha apenas asma", conta.

Fani classificou a morte da adolescente como uma "fatalidade". "Estamos muito abalados com a situação", resume.
Marta Avelhaneda Gonçalves faria 15 anos em junho, e a família já começava a planejar a festa. Mas o aniversário, o sonho de cursar medicina, a vida inteira de Marta ficou pelo caminho: ela morreu na última quarta-feira após uma b... - Veja mais em https://educacao.uol.com.br/noticias/bbc/2017/03/10/morte-de-menina-em-escola-expoe-rotina-de-violencia-nas-escolas-publicas.htm?cmpid=copiaecola
Foi velado na manhã de quinta (9) o corpo de Marta Avelhaneda Gonçalves, 14 anos, morta após se envolver em uma briga dentro de sala de aula Marta Avelhaneda Gonçalves faria 15 anos em junho, e a família já começava a plane... - Veja mais em https://educacao.uol.com.br/noticias/bbc/2017/03/10/morte-de-menina-em-escola-expoe-rotina-de-violencia-nas-escolas-publicas.htm?cmpid=copiaecola
Foi velado na manhã de quinta (9) o corpo de Marta Avelhaneda Gonçalves, 14 anos, morta após se envolver em uma briga dentro de sala de aula Marta Avelhaneda Gonçalves faria 15 anos em junho, e a família já começava a plane... - Veja mais em https://educacao.uol.com.br/noticias/bbc/2017/03/10/morte-de-menina-em-escola-expoe-rotina-de-violencia-nas-escolas-publicas.htm?cmpid=copiaecola
Foi velado na manhã de quinta (9) o corpo de Marta Avelhaneda Gonçalves, 14 anos, morta após se envolver em uma briga dentro de sala de aula Marta Avelhaneda Gonçalves faria 15 anos em junho, e a família já começava a plane... - Veja mais em https://educacao.uol.com.br/noticias/bbc/2017/03/10/morte-de-menina-em-escola-expoe-rotina-de-violencia-nas-escolas-publicas.htm?cmpid=copiaecola

quinta-feira, 2 de março de 2017

ARTIGO 144 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL


SEGURANÇA PÚBLICA


VAMOS FAZER CONEXÕES ?


SEJA UM ANUNCIANTE NO PORTAL


MAPA DA VIOLÊNCIA NO BRASIL


CONHECIMENTO


DIREITOS HUMANOS


LOGOMARCA


MÊS DA MULHER


CONTATO


BRASIL