quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

FORÇAS DE SEGURANÇA DE BERTIOGA EM AÇÃO CONTRA VANDALISMO

Uma reunião entre as forças de segurança de Bertioga pode diminuir os constantes atos de vandalismo e furtos que as escolas municipais vêm sofrendo. O objetivo é realizar uma força tarefa, que envolva também a participação da comunidade, que acaba sendo vítima de um crime que depreda o patrimônio público, causa prejuízo e, principalmente, provoca um trauma às crianças, que veem as salas de aula em desordem.
O encontro, que aconteceu na tarde desta segunda-feira (14), foi solicitado pela Prefeitura de Bertioga, por meio da Secretaria de Educação, e contou com a presença do representante da Polícia Militar, tenente João Paulo Grandchamp, o secretário de Segurança e Cidadania  e o secretário de Educação. Também foram solicitadas as presenças do delegado de Polícia e de um representante do Ministério Público, que não puderam comparecer e serão informados sobre o resultado da reunião.
O secretário de Educação informou que a intenção é que cada um apresente sugestões para reforçar a segurança. “A Prefeitura já está estudando a possibilidade de instalar alarmes com bateria nas unidades escolares e postes com iluminação, que inibem a ação dos meliantes”.
A Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal vão reforçar as rondas noturnas nas unidades com maior incidência de furtos e vandalismo, como é o caso da EM Vista Linda, que este ano foi invadida seis vezes.
Para o secretário de Segurança e Cidadania, uma medida muito eficaz é solicitar a colaboração da comunidade. “Vou percorrer as residências próximas às escolas que vem sofrendo com esse tipo de crime e pedir aos moradores que fiquem atentos às movimentações suspeitas e acionem a Guarda”, comentou o secretário.
Ele ainda lembra que muitas vezes o tempo de resposta da Polícia Militar pode ser maior, por isso, a melhor opção pode ser acionar a GCM. O tenente Grandchamp explicou que ao ligar para o 190, o procedimento é encaminhar o chamado para o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), que estabelece a prioridade na região. “A Guarda Municipal está em contato conosco constantemente o que pode agilizar os primeiros atendimentos”, explicou o tenente.
Somente este ano sete escolas sofreram furtos e danos, algumas delas mais de uma vez. Foram registrados 20 Boletins de Ocorrência desde o início do ano. O secretário de Educação informou que vai solicitar à Polícia Civil o relatório de todos os Boletins registrados no ano passado e este ano.
Em algumas escolas, os invasores espalharam o material utilizado pelas crianças, sujam as salas de aula com tintas e depredam o patrimônio público. A cada invasão, a Secretaria de Educação providencia os reparos, o que gera gastos para o poder público.
No último dia 9, a EM Jardim Vista Linda foi invadida e foram furtados diversos itens que seriam utilizados para a merenda dos alunos. Os criminosos levaram mais de 50 quilos de arroz, 09 quilos de feijão, 30 pacotes de leite em pó, 20 quilos de fubá, 15 quilos de filé de frango, entre outros, além de utensílios de cozinha, como 150 pratos.
FONTE PREFEITURA DE BERTIOGA


Nenhum comentário:

Postar um comentário