segunda-feira, 4 de maio de 2015

SEED E PM INTENSIFICAM PROGRAMA DE COMBATE ÀS DROGAS

SEED e PM intensificam Programa que Combate às Drogas 


As escolas da rede pública estadual irão participar do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD), desenvolvido pela Polícia Militar.
Preocupado com o alto índice da violência que atinge professores, servidores, alunos, comunidade e danifica o patrimônio público, o secretário de Estado da Educação, Jorge Carvalho, intensificou a parceria com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) e a Polícia Militar de Sergipe, visando compartilhar ações para criar um ambiente seguro e menos violento nas 365 escolas que fazem parte da rede pública estadual de ensino.
Participamos de uma reunião com os coordenadores do PROERD para conhecer de perto o programa preventivo que busca envolver a escola, a comunidade e a polícia, disse Jorge Carvalho.
O encontro entre o secretário e a coordenadora do PROERD, capitã Adriana Littig, aconteceu na última terça-feira, 28, na SEED. Ao lado sargento Prado e do cabo Alex, a capitã da PM, detalhou o programa que teve início em 2001 e que já atingiu cerca de 60 mil alunos das redes estadual, municipal e particular de ensino.
 O programa consiste em uma ação conjunta entre o policial militar devidamente capacitado, chamado de Policial Proerd, professores, especialistas, estudantes, pais e a comunidade no sentido de prevenir a reduzir o uso indevido de drogas e a violência entre estudantes, explicou.
Segundo a capitã Adriana Littig, o programa é direcionado a alunos do 4º ao 7ª ano do ensino fundamental. A cada dia, uma unidade policial partícipe encontrar-se-á protagonizando uma alternativa prazerosa de combate à violência e ao uso indevido de drogas, além das ações ordinárias de policiamento preventivo no entorno daquela unidade escolar.
Atuação
A ação acontece com o envolvimento da banda de música, BPtan, BPChoque(canil de judô) e policiais do Proerd, atuando prioritariamente na rede pública de ensino e nas escolas de maior vulnerabilidade, disse.
De acordo com a capitã Adriana Littig, o Proerd é mais um fator de proteção desenvolvido pela Polícia do Estado de Sergipe para valorizar a vida, por meio da ênfase nos fatores de proteção, em especial àqueles referentes à família, à escola e à comunidade. O programa também objetiva fortalecer a cultura da paz e construir uma sociedade mais saudável e feliz, ressaltou.
Ações da SEED
Ao se reunir no último dia 22 deste mês com a cúpula da Secretaria de Segurança Pública(SSP), em encontro pré agendando pelo gabinete do secretário da Seed, o professor Jorge Carvalho propôs a criação de uma comissão permanente de servidores da SSP e SEED, que vai trabalhar conjuntamente, objetivando realizar um mapeamento das áreas mais problemáticas; discutir ações educativas e apresentar soluções.
O Governo do Estado, por meio do secretário de Segurança Pública, Mendonça Prado nos colocou a disposição toda a estrutura da SSP para o combate a violência. Da mesma maneira, encontramos o apoio da Polícia Militar do Estado. Vamos intensificar o PROERD; o programa que procura interligar a Escola, a Polícia e Família, para que juntos, possamos combater a violência que atinge toda a comunidade escolar e a sociedade, afirmou Carvalho.  
Ele destacou que a Secretaria de Estado da Educação (SEED) vem realizando várias ações que visam o enfrentamento da violência nas escolas da rede estadual de ensino.
O Qualivida e a Programa Cidadania e Paz nas Escolas promovem ações dentro e fora do ambiente escolar, disse. Segundo ele, a Seed sob o seu comando, pretende colocar a escola aberta para a comunidade.
É muito importante a participação da família. Educar é uma tarefa de todos, principalmente dos pais ou responsáveis. Estamos abertos ao diálogo, a comunidade e a família precisam participar mais do ambiente escolar.
A comissão permanente proposta pelo secretário Jorge Carvalho é formada pelo servidores da SEED, Sílvio Oliveira, diretor do Qualivida; o chefe da Segurança Escolar, Charles Hardman; o diretor do Departamento de Informática, Everton Siqueira e a psicóloga Tirzha Mangueira. Da SSP, participam o delegado Cássio Keliton e o major Melo, do Comando da Capital.
Ações do Proerd
As ações do Núcleo Proerd Sergipe consiste na aplicação dos currículos Proerd; aplicação do Projeto Polícia Cidadã: Minha Escola Mais Segura; Sensibilização Proerd nas Escolas; palestras para estudantes, pais e profissionais.
Metodologia
O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência - é a versão brasileira do programa norte americano DARE - Drug Abuse Resistance Education, surgido em 1983 em Los Angeles. No Brasil o programa foi implantado em 1992 e hoje conta com quatro cursos: Proerd para Educação Infantil e anos iniciais; Proerd para o 5º ano e 7º ano do Ensino Fundamental; e Proerd para Pais.
Aplicação dos currículos
- Educação Infantil e séries iniciais:
1ª Seção - Pré escola da Educação Infantil: 2 encontros ( 2 semanas)
2ª Seção - 1º, 2º e 3º anos: 4 encontros ( 4 semanas)
3ª Seção - 4º ano: 5 encontros ( 5 semanas)
1.   Currículo 5º ano caindo na R.E.A.L. (Resistir, Explicar, Abster-se e Livrar-se)
         10 encontros (10 semanas)
2.   Currículo 7º ano caindo na R.E.A.L. (Resistir, Explicar, Abster-se e Livrar-se)
     10 encontros (10 semanas)
3.   Curso de Pais
     4 encontros (4 semanas)
O currículo Proerd Caindo na REAL para o 5º ano foi projetado com base na Teoria de Aprendizagem Socioemocional (Socio- Emotional Learning Theory - SEL ). A teoria SEL identifica as habilidades básicas e fundamentais e o processo de desenvolvimento do indivíduo, necessários à promoção de saúde, incluindo:
Autoconhecimento e autogerenciamento;
Tomada de decisão responsável;
Compreensão dos outros (alteridade)
Habilidades de comunicação e relacionamento interpessoal;
Habilidades de lidar com desafios e responsabilidades. 
         A implementação do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência ocorrerá da seguinte forma:
1º Dia (segunda-feira):
         Teremos as primeiras experiências de civismo e resgate dos valores de cidadania do projeto: o hasteamento das Bandeiras do Brasil, do Estado de Sergipe e do Município de Aracaju. Nesta ocasião o Hino Nacional Brasileiro e o Hino do Estado de Sergipe serão executados pela Banda de Música da PMSE Capitão José Machado dos Santos.
Na oportunidade, essa prática será estimulada, através de diálogos realizados entre a Direção, Coordenação, Docência e Discência escolares sobre a importância do respeito aos símbolos nacionais com os quais todos devem se identificar no intuito de se redescobrir o sentimento de pertencimento à Nação Brasileira. Após a abertura, a Banda de Música fará um concerto musical pedagógico seguido de curtos workshops de instrumentos musicais direcionados aos alunos das unidades escolares.
2º Dia (terça-feira)
         Acontecerão atividades lúdicas de prevenção a acidentes de trânsito, realizadas por integrantes do Batalhão de Trânsito da PMSE. Haverá a distribuição de material gráfico (folder, revistinha panfletos). Desta forma, as crianças se deslocarão de forma mais segura nas ruas, além de exercerem o papel de fiscais dos adultos
3º Dia (quarta-feira)
O Batalhão de Choque (Canil) apresentará atividades lúdicas com cães adestrados, promovendo a participação protagonista dos discentes e mostrando como os cães auxiliam os policiais militares nas ocorrências policiais de combate à criminalidade. Serão desenvolvidas também, através destes cães, atividades que despertem relações amigáveis e de solidariedade entre as crianças.
4º Dia (quinta-feira)
         Um instrutor do PROERD ministrará a palestra Escolhas Seguras e Responsáveis. Esta palestra será baseada nos currículos desenvolvidos pelo PROERD.
5º Dia (sexta-feira)
         Será realizado um aulão de judô para despertar nas crianças o interesse pela prática de esporte. Sabe-se que o esporte melhora a qualidade de vida, a saúde e a autoestima, afastando seus praticantes dos mais diversos vícios. Esta atividade será apoiada pelo projeto A Escola vai ao Batalhão de Choque da Polícia Militar do Estado de Sergipe. Em seguida, a semana de atividades do projeto será encerrada com o arriamento das bandeiras que foram hasteadas no 1º dia, ao som do Hino Nacional Brasileiro.
Assessoria de Comunicação da SEED – ASCOM


Nenhum comentário:

Postar um comentário