quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

PROGRAMA ESCOLA SEGURA EM PORTUGAL


A PSP deteve 26 pessoas no âmbito do programa Escola Segura em 2014, no distrito de Leiria, e identificou 80 na posse de estupefacientes para consumo, anunciou esta segunda-feira o Comando Distrital desta força policial. "Em toda a área do Comando Distrital de Leiria foram efetuadas 26 detenções, identificados 80 indivíduos na posse de estupefaciente destinado ao consumo, dando lugar à apreensão de aproximadamente 1.500 doses de haxixe, 850 doses de liamba e outros tipos de estupefaciente em menores quantidades", lê-se num comunicado da PSP. O ano passado, o Comando Distrital de Leiria definiu como prioridades "o combate ao consumo de risco e nocivo de álcool, bem como a repressão ao consumo e ao tráfico de estupefacientes junto aos estabelecimentos de ensino e espaços de diversão noturna frequentados pela população mais jovem". 

Ainda neste programa, que visa garantir a segurança das áreas envolventes às escolas e promover ações de sensibilização e de prevenção, a PSP realizou um total de 365 sessões, nas quais participaram 14.621 alunos, 806 professores e 186 encarregados de educação. "A realização de sessões de sensibilização também são uma prioridade, pois são um meio de a PSP alertar as crianças e jovens para determinados comportamentos de risco e adoção de medidas de autoproteção", salienta a PSP, adiantando que a violência no namoro, o 'bullying', a segurança na Internet e a segurança rodoviária foram temas abordados nestas iniciativas. Acrescentando que "algumas destas sessões foram realizadas no âmbito de visitas que as escolas organizam às instalações policiais", a PSP destaca no mesmo comunicado que promoveu várias ações de demonstração de meios, para dar a conhecer o trabalho desta força policial, ações acompanhadas por 2.650 alunos, 75 professores e 13 encarregados de educação. Em 2014, a PSP introduziu também a operação "Um Conto Pelas Crianças", procurando levar conselhos de segurança às crianças do pré-escolar e 1.º ciclo, "através de contos muito simples que retratam situações quotidianas", como o contacto com desconhecidos e os cuidados nas compras de Natal. 

À agência Lusa, a subintendente Vera Sousa explicou que o programa Escola Segura "não se limita ao formalismo da vigilância e do cumprimento da lei", sublinhando que a PSP "está junto das escolas para informar, reduzir os comportamentos de risco, melhorar o sentimento de segurança no meio escolar e prevenir delitos". A responsável realçou no âmbito deste programa duas operações que a PSP realizou na cidade de Leiria "em locais entendidos como vulneráveis do ponto de vista do tráfico e consumo de estupefaciente por parte da população juvenil, nomeadamente as imediações das escolas e os estabelecimentos de diversão noturna frequentados por esta população mais jovem".

A subintendente esclareceu que este ano o Comando Distrital de Leiria da PSP "vai reforçar a atenção ao consumo de álcool com especial destaque para as crianças, adolescentes e jovens adultos". 

CORREIO DA MANHÃ

Nenhum comentário:

Postar um comentário