quarta-feira, 16 de julho de 2014

SISTEMA DE PROTEÇÃO ESCOLAR


Itapecerica e Embu terão reforço policial nas escolas estaduais

Matheus Herbert.da Gazeta de S. Paulo
O governador Geraldo Alckmin anunciou nesta terça-feira, um reforço da segurança na porta das escolas estaduais da Capital e da Grande São Paulo. Cerca de 1.550 policiais militares estão em treinamento para a execução do projeto do Governo do Estado de São Paulo, que iniciará agora na volta às aulas. Na região, Embu das Artes e Itapecerica da Serra, estão na lista para receberem o reforço, mas o governo ainda não divulgou as escolas que serão contempladas e a quantidade de policiais que realizarão a operação. Segundo informações da assessoria da Secretaria Estadual de Educação bairros com maior vulnerabilidade, serão o foco do reforço.
Parceria entre as secretarias da Educação e da Segurança Pública, o programa começa a partir da segunda quinzena de julho. Duplas de PMs ficarão nas portas de 775 escolas estaduais do Estado: 226 na capital, 437 na Grande São Paulo, 58 na região de Campinas e 54 na Baixada Santista. “Esse convênio visa o fortalecimento para proteção das escolas e dos arredores. Uma dupla de policiais fará a ronda, com uma viatura, nas imediações das escolas para prevenir todo tipo de ação criminosa. Foram escolhidas as regiões de maior vulnerabilidade”, explicou Alckmin.
Os PMs vão atuar voluntariamente em suas folgas por meio da Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho Policial Militar (DEJEM), com direito a uma remuneração adicional. Esses policiais militares irão realizar patrulhamentos nas escolas estaduais durante dias úteis, em turnos de oito horas. O investimento previsto será de R$ 5,5 milhões. O reforço visa contribuir com a sensação de segurança da população e com o combate à criminalidade.
O principal objetivo é minimizar os conflitos na porta e entorno e dar continuidade às ações preventivas já aplicadas, como a Ronda Escolar, o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) e, principalmente, o Sistema de Proteção Escolar. Esse último, implantado na rede em 2009, promove estratégias para a melhoria das relações e segurança do ambiente escolar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário