sábado, 25 de maio de 2013

FALTA DE SEGURANÇA NAS ESCOLAS EM MOSSORÓ

Convênio com Polícia Militar é opção contra a falta de segurança nas escolas

Caso da Escola Municipal Raimunda Nogueira do Couto expôs fragilidade na segurança das escolas - CacauCaso da Escola Municipal Raimunda Nogueira do Couto expôs fragilidade na segurança das escolas - Cacau
O aumento da violência em Mossoró tem feito crescer também o índice de criminalidade nas proximidades das escolas. O caso da Escola Municipal Raimunda Nogueira do Couto, que no início do mês foi alvo da violência entre gangues rivais, chamou a atenção do poder público para a necessidade de mais segurança nesses locais.
A secretária municipal de Educação, Iêda Chaves, afirma que o Executivo municipal está combatendo o aumento da violência nas proximidades das escolas através de três vias. "A primeira delas é através do Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas), que é um programa institucionalizado de prevenção contra as drogas. Consiste em rondas da Polícia Militar nos bairros das escolas em vulnerabilidade. Esse projeto existe desde o ano passado. Os instrutores têm linha direta com a Polícia Militar e com a Guarda Civil", afirma.
Uma alternativa para combater o aumento nas proximidades das escolas é um contrato que o município deve firmar com a secretária de estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesed). "Através desse convênio, os policiais em seus horários de folga serão utilizados para a segurança das escolas. O contrato está tramitando, como não depende somente da Prefeitura, não temos uma estimativa para que o convênio passe a valer", explica a secretária.
Outra via que está sendo utilizada pela Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM) é a contratação de guardas para a segurança das escolas. "Esse é um caso excepcional para a Escola Municipal Raimunda Nogueira do Couto. Não deve ser permitida a atuação de guardas armados dentro das escolas. Essa foi uma saída para essa unidade em virtude dos problemas que estavam ocorrendo", expõe Iêda Chaves.
"O aumento da violência é uma realidade de todos os locais. Não estamos imunes ao aumento da criminalidade. No entanto, estamos trabalhando para que as escolas tenham mais segurança", afirma.

Projeto prevê reforço na segurança das escolas da rede municipal de ensino
Um projeto que trata do reforço da segurança nas escolas foi apresentado pelo vereador Lairinho Rosado (PSB) no ano de 2011. Apesar da aprovação na Câmara Municipal de Mossoró (CMM), o projeto foi vetado pelo Poder Executivo municipal.
Na semana passada, o vereador reapresentou a proposta que dispõe sobre a política de segurança da rede municipal de ensino. O Projeto de Lei nº 87/2013 está nas comissões do Legislativo mossoroense para análise.
O projeto trata sobre a instalação de câmeras de monitoramento nas escolas, a presença da Guarda Civil, a formação de comissão de segurança, a realização de campanhas de conscientização e a realização de convênios com outros órgãos.

FONTE O MOSSOROENSE

Nenhum comentário:

Postar um comentário