quinta-feira, 25 de abril de 2013

PRAIA GRANDE AMPLIA A SEGURANÇA NAS ESCOLAS


Novas medidas vão ampliar segurança nas escolas de Praia Grande

Ações foram discutidas entre pastas da Educação e da Segurança

Da Reportagem
Como consequência da reunião, algumas ações preventivas foram definidas. Uma delas é a visita da Guarda em todas as escolas municipais, para verificar a necessidade de reposicionamento das câmeras de videomonitoramento ou até mesmo a instalação de câmeras extras. A GCM também verificará a necessidade de eventuais mudanças no local onde se localizam os bicicletários escolares. Outra ação será a realização de uma palestra ministrada pela GCM aos diretores escolares, para enfatizar princípios preventivos de segurança, que devem fazer parte da rotina da escola.
As secretarias de Educação (Seduc) e de Assuntos de Segurança Pública se reuniram, quarta-feira (3), para discutir formas de aumentar ainda mais a segurança nas escolas. A iniciativa partiu da secretária de Educação, Sandra Galvão. Acompanhada por alguns integrantes de sua equipe, ela recebeu em seu gabinete o secretário de Assuntos de Segurança Pública, tenente-coronel José Américo Franco Peixoto, e o comandante da Guarda Civil Municipal (GCM), Marco Alves dos Santos.
Uma das ações é a visita da guarda em todas as escolas para verificar a necessidade de reposicionamento das câmeras ou até mesmo a instalação de aparelhos extras (Foto: Divulgação/ Prefeitura Municipal de Praia Grande)
Uma das ações é a visita da guarda em todas as escolas para verificar a necessidade de reposicionamento das câmeras ou até mesmo a instalação de aparelhos extras (Foto: Divulgação/ Prefeitura Municipal de Praia Grande)



Em relação ao acesso a imagens registradas pela Central de Monitoramento, a GCM divulgará um documento de orientação às diretoras, com todas as regras referentes ao assunto. Uma das normas, por exemplo, é que as diretoras não podem levar nenhum acompanhante à Central de Monitoramento, que não faça parte da Administração e nem levar cópia das imagens. “O que elas podem fazer é solicitar o salvamento de imagens registradas em determinadas datas e situações para que sejam enviadas aos investigadores da polícia”, explicou o coronel Peixoto, enfatizando que a instalação das câmeras nas escolas reduziu drasticamente o número de ocorrências, como vandalismo, roubos e furtos. “É um fator que realmente inibe atos criminosos, diminuindo-os bastante”.
A GCM também pretende intensificar as rondas no entorno das escolas. “Com a reestruturação da Guarda, temos a meta de aumentar as rondas no entorno dos prédios públicos, inclusive das escolas”, disse o secretário.
Sandra salientou que solicitou a reunião por acreditar que é fundamental o diálogo entre as duas secretarias, com o objetivo de estar constantemente analisando e aprimorando a segurança nas escolas. “Nossa preocupação é manter sempre um trabalho seguro, preservando a segurança de alunos, funcionários, professores e todos que estão dentro da escola”, frisou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário